Este é fórum não oficial do Troféu Regional de Ralis de Alenquer, dedicado para pilotos e apaixonados dos Ralis.


    Moto Rally

    Compartilhe
    avatar
    Jójó

    Mensagens : 1
    Data de inscrição : 07/01/2009
    Idade : 54

    Moto Rally

    Mensagem  Jójó em Sex Jan 09 2009, 14:38

    Moto Rali de Alenquer



    Peço desde já desculpa por não me lembrar de todos os factos mas é a memória que tenho dos acontecimentos, e achei por bem não incomodar ninguém do AS a pedir se tinham registo desta prova em papel. Talvez algum de vocês se lembre na Internet não existe (que eu tenha dado por isso pelo menos) nada referente ao assunto.



    1986 Ou 1985 em Alenquer realizou-se mais um Moto Rali, na altura uma das mais importantes provas do panorama nacional, onde apareciam os pilotos mais cotados e outros em início de carreira que agora são conhecidos. Como em tudo a “idade” é um posto depois de muito ter ajudado não estava nos meus planos entrar de forma activa na prova (até que por no mesmo dia havia uma rampa (Falperra senão me engano) que dava na RTP (nessa altura a RTP transmitia as provas mais importantes)), e como os “louros” da prova iam sempre para aqueles que só apareciam no dia da prova (e eu já estava farto dessa situação) e esses é eram os bons trabalhassem no dia da prova pelo menos. Mas como em tudo faltaram uns quantos e na noite anterior lá me convenceram, e eu optei por ficar com o Parque Fechado (9 horas da manhã para a saída (nem me lembro se era necessário) e depois só tinha de lá estar ás 18 horas para a entrada dos concorrentes, o que dava para ver a Rampa nas calmas). E assim foi até que na hora que começava novamente a Rampa (14 horas mais ou menos) batem-me à porta completamente desesperados. As 125 cc estavam a fazer melhores tempos que as 500!!!!!!! Bem então anulem a classificativa, não podemos ninguém sabe do Director da Prova!!!! E lá fui eu buscar uns cronómetros (fazia parte da secção de radiomodelismo) que havia lá por casa e fui para o meio de nada algures no concelho para tirar tempos. Quando lá cheguei um espectáculo o pessoal a gritar uns com os outros os cronómetros sem funcionar e aproximava-se a segunda passagem (neste troço, acho que era a 4ª do Moto Rali). E lá começam a chegar os concorrentes o 1º (tudo bem) o 2º o 3º e de repente lá se foi um cronometro pouco depois outro e lá fiquei eu sem cronómetros a tirar tempos ás motos. Não houve bronca nesta 2ª passagem (sabia a que horas partia o 1º concorrente e de quanto em quanto tempo partiam os outros, assim quando passavam por mim era só olhar para o meu relógio e gritar os tempos ao ajudante que entretanto tinha arranjado e mais segundo menos segundo depois da bronca de manhã já ninguém notava). Acabado o rali de volta para Alenquer após uma espera longa pela boleia fiquei a saber que não tinha havido reclamações (o que significava um bom trabalho). Mas e o Director onde andava? Tinha ido “almoçar” com a Comunicação Social quando rebentou a bronca e ninguém o achou (na altura telemóveis eram raros). Reunião de emergência do pessoal o que fazer o que não fazer e eu a berrar (falo muito alto mas para os que não me conhecem estava a berrar) anulem a classificativa e dá-se a classificação com os restantes tempos, e que não (havia muitos “interesses” envolvidos patrocinadores, pilotos, comunicação social) e que sim (a bem da “verdade” desportiva) e que talvez bem lá me “mandaram” somar os tempos (cá para mim hoje queriam era livrar-se de mim) Somar tempos calcular classificações (uma fome terrível) e pela meia-noite foi anulado o moto rali e eu apanhei uma poeirada tal que andei 2 dias para tirar o pó todo e para nada e ainda por cima não vi a Rampa que tinha sido espectacular.
    [img][/img]

      Data/hora atual: Sab Nov 18 2017, 01:56